Categorias
Uncategorized

Colégio Tom Jobim utiliza plataforma Plurall para aulas online

ATRAVÉS DO SISTEMA ANGLO, O COLÉGIO TOM JOBIM UTILIZA UM MÉTODO DE ENSINO VIRTUAL PARA PASSAR CONTEÚDO AOS SEUS ALUNOS.

 

Neste cenário tão delicado e tão incerto, causado pela pandemia, as escolas tiveram que se transformar e usar a tecnologia para continuar levando ensino de qualidade para os seus alunos. O COLÉGIO TOM JOBIM, com o Sistema Anglo de Ensino, tem utilizado a plataforma digital Plurall para aproximar professores, pais e alunos.

Em julho deste ano, a Revista Veja divulgou dados que apontam o crescimento dessa plataforma e colocam o Plurall como a maior da rede privada do país. Antes da pandemia, a plataforma era utilizada por cerca de 400 mil alunos dos Ensinos Fundamental II e Médio, como um apoio de atividades extraclasses de escolas privadas. Hoje são 1,3 milhões de alunos dos Ensinos Fundamental I, II e Médio conectados no ambiente virtual do Plurall para as aulas diárias, com um crescimento de 47 milhões por cento no seu volume de dados, segundo a Revista Veja.

“A escola jamais vai voltar a ser a mesma. Nós vamos, daqui para frente, com aulas híbridas e usando o recurso virtual muito mais do que usávamos. Foi um aprendizado fantástico para todo mundo”, disse a Diretora do Colégio Tom Jobim, Ivanilde Campioni.

A Diretora destacou o comprometimento de todos,  funcionários, pais, alunos e corpo docente para se adaptarem ao método de ensino virtual. “Temos um time especializado no nosso Colégio, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Todos os profissionais estão sempre dispostos a aprender e a melhorar o seu aprendizado”, afirma Ivanilde.

Para ministrar as aulas, cada professor utiliza uma dinâmica diferente. Além das aulas que acontecem no mesmo horário das aulas presenciais, também são passadas tarefas para serem feitas fora do período das aulas. “Buscamos interagir com os alunos para que permaneçam concentrados durante as aulas. Muitos interagem através do chat, quando não têm a possibilidade de usar o microfone”, explica a professora Miriam Carrascoza.

 

A plataforma Plurall também tem se adaptado com a realidade a cada momento, melhorado constantemente seu sistema, tendo suporte e manutenção 24 horas por dia.

Para pais, alunos e professores, este novo método de ensino veio para mudar a forma de ensino no Brasil. “A educação exige mudanças. Lembro da fala de um pai dizendo que o Tom Jobim deu a volta por cima, não só pelo novo método de ensino, mas pela ótima plataforma utilizada pelo Colégio”, disse o  gestor pedagógico Ayres Baroni. “Os pais se aproximaram dos filhos e da escola através da plataforma. Esta pandemia fez com que os pais valorizassem ainda mais os professores, por entenderem a dificuldade de lecionar em uma sala com vários alunos”, ressalta o gestor pedagógico.

Para Ayres, o ensino presencial nunca vai acabar, já que o contato com o aluno, o olho no olho, faz com que o professor conheça ainda mais seu aluno para adaptar estratégias de ensino individualmente. “Algumas escolas não voltarão a ser como eram e isso vai depender muito da equipe pedagógica. O nosso sucesso é devido ao esforço de todo corpo pedagógico. Temos mais que uma equipe pedagógica, nós somos um time que se ajuda o tempo todo. E o diferencial   foi o cuidado no acolhimento individual aos alunos, pais e professores. Disso me orgulho muito”, completou o gestor pedagógico.

 

LIVES

Além das aulas virtuais, o Colégio Tom Jobim também buscou ajuda profissional para auxiliar neste momento que o mundo está passando, através de Lives, que é uma transmissão ao vivo pela internet, o Colégio trouxe profissionais para darem palestras.

A Psicopedagoga Christine Carvalho trouxe os temas “O aluno do Ensino Médio e seus desafios no isolamento social. Reflexões” e “A nova missão da família em tempos de isolamento social – Escuta & Diálogos”.

Também participaram o Prof. Dr. Frank Pereira de Andrade e o Acadêmico e ex-aluno do Colégio Tom Jobim, Marcus Vinícius Pomini, discutindo os mais recentes avanços da ciência para detecção e controle da Covid19, além das principais técnicas de prevenção e desinfecção contra o novo Coronavírus.

 

A PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA NO ENSINO

“A gente fala em adaptação, mas ninguém teve tempo de se adaptar. Tentamos manter um padrão de acordar cedo, estudar e também parar para o lanche. A plataforma e a educação a distância são o futuro; é a escola velha dando espaço para a nova escola”. Esta é a fala da madrinha da aluna Helena, da Primeira Série do Ensino Médio, Viviane Aparecida Parede Correa. São centenas de depoimentos que motivam toda equipe do Colégio, dando a certeza de estarem no caminho certo.

Helena desenvolveu um trabalho de telejornal, onde contou com a participação de três gerações, com sua avó e sua mãe atuando como atores. “Este trabalho extra do telejornal aproxima demais os pais São filhos, demos muitas risadas nos erros de gravação, com a participação dos avós, madrinha e toda a família”, disse Viviane.

Mesmo tendo um contato muito maior com a tecnologia, os adolescentes também tiveram que se adaptar a este novo método de ensino. “No começo foi um pouco difícil, pois é mais fácil se distrair e não prestar atenção na aula, por não ter o professor presente. A pandemia ajudou a gente aprender muitas coisas novas, inclusive  com este método de ensino, não perdemos matéria e os professores dão toda liberdade para perguntas”, disse a aluna Helena Correa

Os professores também tiveram que passar por treinamento para aprender manusear esta nova ferramenta. “A escola é a ponte que possibilita este caminho de transformação, de aprendizagem. Também caímos de paraquedas neste mundo virtual e é fantástico ver três gerações participando de um trabalho. Existem trabalhos lindos que estão acontecendo. O colégio se adaptou, estamos prosseguindo, trabalhando, e o resultado vem”, disse Miriam Carrascoza.

 

DEPOIMENTO DE PAIS E ALUNOS

“Tudo começou tão de repente. Um dia estávamos na escola com os amigos e agora estamos através de uma tela de celular. Os professores, todos sempre empolgados, preocupados conosco, já até entraram para a família. Queria agradecer todos os professores por tudo, estão fazendo um trabalho incrível”. Letícia, 2ª série do Ensino Médio.

“Minha experiência como aluna do terceiro ano do ensino médio é muito satisfatória, pois diante das preocupações com os vestibulares que realizaremos em pouco tempo, tenho a certeza de que posso contar com os profissionais do colégio, que são extremamente atenciosos e flexíveis para realizar todas as adaptações necessárias”. Rafaela Perossi Martins, do 3º Colegial.

“Hoje, após um período de aulas online, posso expressar minha gratidão ao colégio Tom Jobim, não ficamos desamparados e tivemos na plataforma de estudos um amparo valioso. Vejo em minha filha os progressos na aprendizagem, conseguimos absorver o conteúdo de forma satisfatória. Tenho plena convicção que fiz uma escolha certa ao colocar minha filha no colégio Tom Jobim e, juntos vamos vencer esse momento tão peculiar e incomum”. Natália Lourenzon Bahú, mãe da aluna Analice Lourenzon Bahú, 1º ano do Fundamental I.

“Os professores fizeram das suas casas a sala de aula, se reinventaram para estar junto com os nossos filhos, auxiliando e os ajudando, mesmo a distância, abriram seus celulares para que se tornassem telefones públicos. A tarefa de educar não é fácil, podemos ver isso nitidamente porque estamos ajudando nossos filhos dentro de casa. A vocês, meu muito obrigado, estão de parabéns e são dignos de aplausos”. Adriana, mãe de aluno.

 

 

Fonte: Matéria feita pelo Jornal A Tribuna Regional